i Estética Novo Visual
AGENDE UM HORÁRIO:
51.3748-2212
51.9252-0659
HORÁRIO DE ATENDIMENTO:

Terça a Sexta
08:00 ás 12:00 / 13:00 ás 19:00
Sábados
08:00 ás 12:00 / 14:00 ás 20:00
HOME SOBRE NÓS SERVIÇOS VÍDEOS FALE CONOSCO

Laser Capilar

Laser Capilar : Efeito Colateral Vira Tratamento para Calvície

Há mais ou menos 10 anos, quando surgiram os primeiros equipamentos a laser para a eliminação definitiva de pêlos, vimos uma grande revolução nesta área. Aqueles pêlos indesejáveis eram eliminados, proporcionando uma melhora tanto da aparência estética, como no incômodo das pessoas de terem que se depilar frequentemente.

Como tudo não são flores, raros efeitos adversos ocorriam, como queimaduras e manchas residuais, mas um deles chamou a atenção dos pesquisadores nesta área: um aumento do número de pêlos na região em volta da área tratada. Esse efeito colateral inicialmente não entendido, pode ser hoje, a solução para milhares de pessoas que sofrem de queda de cabelo.

Bioestimulação: tratamento da queda de cabelos

O nome para esse fenômeno chama-se bioestimulação, ou seja, a energia gerada pelo laser para destruir os pêlos, chega em baixa potência nos tecidos vizinhos da área tratada. Acredita-se que esta baixa energia quando chega ao bulge, uma estrututa situada na haste do pêlo, riquíssima em células tronco, causa uma estimulação destas células, proporcionando um engrossamento dos pêlos pré-existentes.

A partir deste fato, entram no mercado, lasers de baixa potência , com comprimento de onda suficiente para atingir esta região do pêlo, visando tratar vários aspectos da queda de cabelo. Ele deve ser introduzido quando a queda está ainda na fase inicial, no momento da minituarização do pêlo, já que esta técnica não devolve os cabelos que caíram há muito tempo, pois os folículos pilosos nesta fase, já estão destruídos.

As melhores indicações são: pessoas que tem história familiar de calvície ou de pouco cabelo, que começaram a notar um aumento na queda; pessoas com queda de cabelo por algum motivo de doença ou stress; aqueles que tem notado um afinamento ou uma mudança na estrutura do pêlo.

Como age a FOTOBIO-ESTIMULAÇÃO LASER no tratamento capilar

A Terapia Laser utiliza o princípio científico da fotobioterapia, processo

que ocorre quando as células absorvem a luz e se reparam por si

próprias. O Laser trabalha estimulando a microcirculação sanguínea e

linfática ao nível das raízes dos fios do cabelo, estimulando o

metabolismo celular, a síntese de proteínas, energizando as raízes e

possibilitando que recebam nutrientes mais rapidamente. Com isso os

fios crescem mais resistentes e volumosos.

Estudos clínicos têm sugerido que esta atividade celular e sub-celular

rompe a absorção do hormônio DHT (DiHidrotestosterona) e desvia-o

para a circulação linfática. O DHT é um dos principais hormônios

masculinos do corpo humano, tido como uma das principais causas da

perda de cabelos em homens de mais idade. Ele progressivamente

“encolhe” os folículos pilosos até que estes não tenham mais

capacidade de produzir novos fios de cabelo.

O Laser ainda provoca a bio-estimulação das células, causando uma

mudança bioquímica nas mesmas com um aumento do fator de

crescimento dentro delas e dos tecidos, resultando em aumento da

produção de ATP (Adenosina Tri Fosfato) e a síntese de proteínas. O

aumento da proliferação celular é um dos resultados obtidos pela bioestimulação causada pelo Laser e este pode ser o fator responsável

pelos benefícios obtidos no tratamento capilar.

Vários estudos clínicos internacionais e de longo tempo de

acompanhamento têm demonstrado e comprovado a eficiência do

Laser de baixa potência (LLLT – Low Level Laser Therapy) nos

tratamentos da pele e cabelos.

Pesquisas sugerem a atividade do Laser através de 3 mecanismos:

Energização - a luz é energia, e a irradiação de tecidos celulares

com a luz Laser origina transformação da energia do Laser em

energia celular. Um exemplo comum de conversão de energia

luminosa em química é a fotossíntese, onde as plantas são

“alimentadas” através da luz que é convertida em energia

química. De maneira similar o Laser penetra nos tecidos celulares

e aumenta a ação do ATP, molécula que age como o maior

transportador de energia entre as células vivas. Com isso

aumenta-se a energia disponível para as células e estas adquirem

a capacidade de absorver nutrientes e se livrar de toxinas muito

mais rápido. De acordo com o eminente cientista Popp, células

vivas emitem fótons (luz) de característica ultra-fraca com

coerência característica dos Lasers. Popp postulou que células

doentes são na verdade “famintas” por luz e quando irradiadas

pelo Laser de baixa intensidade com uma correta freqüência,

tornam-se restauradas e saudáveis.

Circulação – aumentando a circulação sanguínea e linfática

através do mecanismo da vasodilatação, o Laser aumenta a

oxigenação dos bulbos capilares e couro cabeludo e ainda

remove calcificações e substâncias que eventualmente

bloqueiem a região em volta dos bulbos capilares, assim como

aumenta a atividade de regeneração e renovação celular. O

Laser auxilia na melhora da espessura, brilho, volume e

elasticidade dos fios. Além disso problemas de excesso de

oleosidade ou couro cabeludo ressecado, caspas e coceiras

podem ainda ser reduzidos.

Vibração – O tecido celular e fluidos em nossos corpos vibram a

uma frequência similar à dos Lasers na faixa do vermelho (630 a

670nm de comprimento de onda). Uma das importantes teorias

científicas é que as células, para terem suas funções saudáveis,

são largamente dependentes da troca de energia e informações

entre as células vizinhas, o que se daria através de uma

comunicação por vibração (ondas) através do plasma que conecta todas as células. Quando a vibração se torna irregular ou muda de freqüência, pode ser trazida de volta à sincronia sendo irradiada pelo Laser de baixa intensidade na faixa do vermelho.

Para entendermos como a terapia Laser age ao nível dos bulbos

capilares, precisamos entender como os fios crescem e são substituídos

durante seu ciclo natural. Cada fio de cabelo nasce, cresce durante

anos e depois cai. A raiz deste fio então entra em estado de repouso

por algumas semanas antes de dar origem a um novo fio. Este ciclo

continua durante toda a vida. Com a idade, em algumas pessoas

novos fios acabam não nascendo como reposição dos fios que caíram

anteriormente, ou então, quando nascem, passam a ser mais finos e

frágeis, o que acaba resultando gradualmente na calvície.

Assim, na verdade a calvície começa a surgir não porque os fios caem,

mas sim, porque deixam de nascer. Uma vez que a raiz do fio esteja morta, nada pode ser feito para restaurá-la.

Sendo assim, o quanto antes se iniciar o tratamento com o Laser,

melhores serão o resultados. O Laser na faixa do vermelho estimulará os

bulbos capilares e o couro cabeludo, aumentando a circulação na

região, a oxigenação e a nutrição. O resultado é uma reação em

cadeia restauradora e reparadora dos fios.

Benefícios das aplicações de FOTOBIO-ESTIMULAÇÃO LASER

Os resultados comprovados obtidos com a aplicação do Laser no

tratamento capilar são:

- Aumento do suprimento sanguíneo da região do couro cabeludo em

até 54% após um único tratamento.

- Parada na progressão da perda de cabelos em 85% dos pacientes.

- Diminuição de condições como psoríase, dermatite seborréica,

coceiras e alívio de condições de irritação do couro cabeludo.

- Normalização da produção do sebo protetor do couro cabeludo

- Estímulo e aceleração do processo de crescimento dos fios.

- Melhora da aparência e estrutura de cabelos que passaram ou

passam com frequência por tratamentos cosméticos ou químicos,

como tinturas ou permanentes, fechando as cutículas dos fios e

protegendo-os, propiciando ainda a manutenção da cor por mais

tempo, e menor oxidação dos fios.

 

- Nascimento de fios mais fortes e de diâmetros maiores em até 60%.

- Aumento da velocidade de reparação pós transplante de fios.

Recomenda-se a aplicação do Laser para uma cura mais acelerada,

menor trauma e melhor aceitação do paciente ao tratamento.

Perguntas mais freqüentes sobre o uso do Laser no tratamento capilar

 1. Quando começar a utilizar o LASER ?

A queda de cabelos não é apenas um evento, mas um processo

gradual e constante. Assim, indica-se a utilização do Laser assim que os

sinais de excessiva perda de fios se torne aparente, sendo mais eficiente

o tratamento nos estágios iniciais da perda dos cabelos e quando há

folículos capilares em número suficiente para serem reabilitados pela

Terapia Laser.

Caso o tratamento se destine à revitalização e melhora do aspecto dos

fios existentes para que passem a crescer mais saudáveis e resistentes,

especialmente se há histórico familiar de calvície, o quanto antes se

iniciar o tratamento, melhores e mais rápidos serão os resultados.

2. O LASER funciona para qualquer pessoa?

A terapia Laser no tratamento capilar é indicada para qualquer pessoa,

homens ou mulheres, de qualquer idade.

Em geral 45% das pessoas que passam por este tratamento já

percebem os resultados positivos do uso do LASER dentro de um período

de 6 semanas. Outros 45% se beneficiam dos resultados em um período

de 6 a 12 semanas e 5% geralmente observam melhoras após 12

semanas. Com o uso de produtos cosmecêuticos, o resultado aparece

mais rápido.

Experiências têm demonstrado que pessoas respondem de maneira

diferente à terapia Laser como tratamento preventivo da perda de

cabelos e estímulo do crescimento capilar.

3. O Laser provoca qualquer tipo de dano aos olhos?

O Laser emitido pelo SL-HAIR não é focalizado em um ponto, resultando

em uma menor densidade de energia focalizada pela retina em caso

de exposição. De qualquer maneira recomenda-se nunca olhar

diretamente para qualquer feixe Laser. No caso do SL-HAIR é indicado

que evitemos olhar diretamente para a saída da caneta Laser quando

esta está em operação. A utilização de óculos de proteção é sempre

recomendada para o terapeutra e para o cliente.

4. O LASER pode ser utilizado junto com outros tratamentos?

Sim. O Laser, utilizado em conjunto com produtos tópicos ou

medicamentos via oral, traz ainda maiores benefícios, pois causa o

fechamento das cutículas dos fios.

5. Qual a freqüência de uso recomendada do LASER ?

Recomenda-se de 1 a 3 aplicações por semana durante um período de

3 a 12 meses, conforme a necessidade do tratamento e a resposta do

paciente.

6. O LASER pode ser utilizado conjuntamente com transplantes

de fios?

Sim. Quando utilizado no pós operatório promove a cura acelerada,

reduzindo inflamações na área dos fios transplantados e assegurando

um alto índice de sucesso ao tratamento. O uso no período préoperatório

também é altamente recomendado. A terapia pode ser

cessada 1 semanas antes do transplante de fios e mantida após a

cirurgia por 2 semanas.

7. Em quanto tempo se observam resultados?

Em grande parte dos casos os resultados visíveis se observam dentro de

1 a 4 meses de tratamento. No entanto, em alguns pacientes com

queda acentuada de fios, após os primeiros tratamentos é sensível a

melhora, onde nota-se que os fios já começam a ficar mais resistentes e

volumosos.

Como demonstrado em estudos os resultados variam de pessoa a

pessoa, e o uso do LASER com a freqüência de 1 a 3 vezes por semana

é indispensável para a obtenção de resultados.



COMPARTILHE:
Página Inicial Sobre Nós Serviços Nossa Loja Fale Conosco

COMPRE NOSSOS
PRODUTOS NA LOJA VIRTUAL!


Copyright © 2018. Todos os direitos reservados a Estética Novo Visual     |     Tecnologia Rock7

Área de acesso restrita!